Fábio Roberto Notícias // Ilhéus . Bahia

Marão participa do B do Brincar com a criançada da rede municipal de ensino

Marão com a criançada.

Contação de histórias, dança, jogos e brincadeiras. O início da semana foi marcado por muita diversão para os alunos matriculados na rede municipal de Ilhéus. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), promoveu nesta quarta-feira (25) o Dia B do Brincar, com objetivo de resgatar a importância das brincadeiras para a interação social e o desenvolvimento integral da criança.

A ação faz parte da Semana Mundial do Brincar (SMB), que segue até o próximo domingo (29). Marcando presença no Estacionamento do Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, o prefeito Mário Alexandre ressaltou a importância da proposta pedagógica, cujo foco é despertar a confiança na ludicidade, reforçando a prática do brincar como uma ferramenta educativa.

“As crianças são o futuro do nosso país e da nossa amada cidade de Ilhéus. Queremos continuar realizando ações para que elas aprendam de forma lúdica e para que possam desenvolver habilidades necessárias para o seu crescimento sadio”.

O Dia B do Brincar envolveu cerca de mil crianças, com idade entre 5 e 10 anos. No período matutino, as atividades foram direcionadas aos alunos das escolas do campo. Já no período vespertino, as crianças da Sede tiveram acesso às atividades lúdicas, que unem diversão e aprendizagem a partir de brincadeiras espontâneas dirigidas por educadores.

“Eu achei muito legal e estava ansiosa para experimentar todas as brincadeiras e todos os brinquedos”, contou a estudante Isadora Ribeiro, de 8 anos, matriculada na Escola Municipal de Juerana.

“Estamos passando fome”, denunciam trabalhadores da Biofábrica de Cacau

Fachada da Biofábrica de Cacau.

Os funcionários da Biofábrica de Cacau localizado no distrito do Bando do Pedro, em Ilhéus, estão indignados com falta de pagamento de salário e melhores condições de trabalho. Ao repórter do Site Fábio Roberto Notícias, eles relataram que estão há 04 meses sem salário, e afirmaram que a direção sumiu do órgão. 

“Não temos previsão de quando iremos receber os meses trabalhados. Estamos passando necessidades e não temos mais o que comer em casa. O Ministério Público do Trabalho, com sede em Itabuna, tem conhecimento das irregularidades, bem como o governador Rui Costa (PT), mas nenhuma providência é feita. Enquanto isso, estamos sofrendo e comendo o pão que o governo estadual e os bacanas da Biofábrica estão amassando”, reclama uma funcionária, que pediu sigilo.

Um outro funcionário, que pediu para não ser identificado, temendo ser demitido por justa causa, disse que até o mercado parou de vender na promissória, pelo fato da demora em receber o dinheiro.

A Biofábrica de Cacau é um órgão vinculado à Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura da Bahia (SEAGRI), com escritório situado na cidade de Itabuna. 

Dia do Assistente Social será tema de sessão especial da Câmara de Ilhéus na sexta-feira

Profissionais serão homenageados na Câmara.

Nessa sexta-feira, dia 27, a partir das 15h, a Câmara de Vereadores de Ilhéus promove uma sessão especial para discutir o Dia Nacional do Assistente Social, presencialmente no plenário Gilberto Fialho e transmitido simultaneamente pelas redes sociais da casa legislativa. Cláudio Magalhães (PCdoB) é o autor do requerimento aprovado que viabilizou a realização deste debate.

O vereador lembrou que essa atividade acontece em referência ao dia do assistente social, celebrado em 15 de maio, data de publicação do decreto 994 de 1962 que regulamentou a profissão. “A batalha diária desses profissionais, em busca da justiça social em um país tão desigual, é de fundamental importância para a população. Eles atuam nas mais diversas áreas de políticas públicas, seja na assistência social, na saúde, na educação, entre outras. Merecem nosso profundo respeito e admiração, pelo papel que desempenham em nossa sociedade”, declarou.

Cláudio Magalhães ressaltou que esses trabalhadores merecem ser incluídos nos debates dos espaços representativos para dar visibilidade à profissão e suas bandeiras de luta. “Pretendemos nesta sessão, valorizar o trabalho da categoria e dialogar com a sociedade sobre o que o Serviço Social pode oferecer como profissão em defesa da efetivação dos direitos da população”, disse.

O edil disse que, em 2022, o Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) traz como tema de campanha: Trabalhadoras do Brasil, somos e lutamos com elas, em defesa dos direitos e das liberdades democráticas. “Temos mais de 200 mil profissionais, com cerca de 90% de mulheres, que ajudam a construir nosso país, tendo como objetivo atender e garantir os diretos da população, principalmente daqueles que mais precisam. A atuação desses profissionais precisa de apoio e fortalecimento. Por isso, essa sessão especial é tão importante”, assegurou.

Jair Bolsonaro libera quase R$ 02 milhões para Ilhéus de verba do Pré-Sal

Pré-Sal rende lucros para municípios baianos.

O Governo Federal liberou, nesta terça-feira, 24, o repasse de R$ 428,16 milhões para o Governo da Bahia e seus municípios, relativos à arrecadação dos bônus de assinatura do leilão dos excedentes da cessão onerosa dos campos de Sépia e Atapu, no Pré-Sal.

O leilão para exploração de petróleo e gás natural, realizado em dezembro de 2021, rendeu bônus de assinatura total de R$ 11,1 bilhões e os investimentos previstos são de cerca de R$ 204 bilhões. O Governo do Estado vai ficar com R$ 235.471.053 e Salvador com R$ 17.414.080.

No sul da Bahia, Itabuna receberá a maior fatia, com R$ 2.070.226. Ilhéus ficará com R$ 1.946.632, Itacaré com R$ 384.266, Canavieiras com R$ 440.389, Una com R$ 336.630, Itajuipe com R$ 333.389, Buerarema com R$ 322.230 e Ibicaraí com R$ 321.475.

Coaraci vai receber R$ 320.725, Itaju do Colônia R$ 169.093, Itapé R$ 165.566, Barro Preto R$ 164.203, Jussari R$ 163.966 e Almadina R$ 163.320. Todos os 5.569 municípios e os governos dos 26 estados e do DF vão receber uma parte do dinheiro.

Anvisa sugere máscara e isolamento para evitar varíola dos macacos

Vírus é frequente na Argentina.

Para tentar adiar a entrada do vírus da varíola dos macacos no Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pede o reforço de medidas não farmacológicas, como distanciamento, máscara e higienização frequente de mãos, em aeroportos e aeronaves.

Foram confirmados, desde o início do mês, 120 ocorrências da doença em 15 países. Uma sala de situação foi criada pelo Ministério da Saúde para monitorar o cenário do vírus no Brasil. Existe a expectativa de que a doença possa chegar ao país nos próximos dias, principalmente por a Argentina, vizinham ter registrado casos suspeitos

A varíola dos macacos é uma doença original de roedores silvestres, mas que foi isolada inicialmente em macacos. Frequente na África,  tem ocorrência rara em outros continentes. Embora creiam que o desequilíbrio ambiental seja um fator importante para o atual surto, cientistas não veem razão para pânico, principalmente por existirem tratamento e vacinas.

Emocionada, Soane Galvão volta à Itapetinga, sua terra natal

Soane Galvão emocionada em sua cidade.

Depois de dois anos de saudade, minha amada Itapetinga voltou a receber um dos maiores e mais importantes eventos do nosso estado: a Exposição Agropecuária. E essa foi a uma edição especial, muito esperada, a 50ª. Eu marquei presença ao lado de lideranças importantes do time correria: o pré-candidato a governador Jerônimo Rodrigues, seu vice, Geraldo Júnior, deputado estadual Rosemberg, e o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre. 

Confesso que apresentar a Exposição, na minha terra, ao pré-candidato Jerônimo e demais lideranças foi algo que muito me orgulhou.

Também foi muito gratificante ser abraçada pela vice-prefeita de Itororó, Marcília Costa; pelo pré-candidato a deputado federal da cidade de Ilhéus, Valderico Júnior, pelo atual presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Macarani (SINDMACQ), Renato Costa, e pelo ex-presidente da entidade, Jailson

Agradeço pelo carinho do povo da nossa região, especialmente da juventude do PSD e mídia local.

Um evento que, com certeza, marcou a minha história.

Soane Galvão, pré-candidata a deputada estadual. 

Confira os melhores momentos de Soane clicando aqui

Discursos cheios de emoção marcaram sessão da saudade do confrade Mário Albiani Alves

Presidente Jerbson Moraes prestigiou ato solene.

“Homem íntegro, de coração terno e simplicidade marcante, Mário Albiani deixou grandes ensinamentos”, destacou o prefeito Mário Alexandre durante solenidade ocorrida na noite de sexta-feira (20), em homenagem póstuma ao desembargador Mário Augusto Albiani Alves, membro da Academia de Letras de Ilhéus (ALI).

A solenidade ocorreu no Salão Nobre da instituição e contou com a participação de familiares e autoridades, entre elas o juiz e membro da ALI, Antônio Carlos de Souza Hygino, e o desembargador Mário Augusto Albiani Alves Júnior, que com emoção e reverência discorreram sobre a trajetória do magistrado, figura importante no meio jurídico baiano.

Ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Mário Albiani dedicou mais de 60 anos aos serviços jurisdicionais. Ele ficou conhecido por ter um perfil pacífico e participativo, sendo agraciado com mais de 100 títulos de cidadão em municípios baianos. Ocupante da cadeira número 37 da ALI, o desembargador ingressou na Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 1954 para cursar Direito.

Dez anos depois foi nomeado juiz para a comarca de Palmeiras, na Chapada Diamantina. Em dezembro de 1989 foi promovido a desembargador do TJ-BA e no ano seguinte tornou-se presidente. Em 1991, Albiani assumiu o cargo de governador da Bahia pelo período de 10 dias, durante o governo de Nilo Coelho. 

Ele também foi presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB) em sete mandatos, sendo responsável pela fundação da Escola de Preparação e Aperfeiçoamento da Magistratura (EPAM), renomeada depois Escola de Magistrados da Bahia (EMAB), onde também exerceu o cargo de diretor.

Albiani faleceu no dia 11 de julho de 2021, em Salvador. O corpo do desembargador foi cremado no Cemitério Jardim da Saudade, no bairro de Brotas.

Na ocasião, o presidente da ALI, Pawlo Cidade, agradeceu ao prefeito Mário Alexandre pelo apoio do Município na reforma do espaço, que incluiu melhorias do telhado, piso e da parte interna do prédio da instituição.

Após seu discurso, o desembargador Mário Augusto Albiani Alves Júnior recebeu o título de cidadão.

Atenção! Todo paciente tem direito à cópia do prontuário médico

Exija o prontuário médico.

Todo paciente ou seu representante legal tem o direito de solicitar e receber cópia do respectivo prontuário médico. Esse direito está previsto no Código de Ética Médica, no Código de Defesa do Consumidor.

O prontuário médico é a união de todos os documentos que registram procedimentos, exames, condições físicas e demais informações do paciente. Compete ao médico, em seu consultório, e aos diretores clínicos ou diretores técnicos, nos estabelecimentos de saúde, a responsabilidade pela guarda dos prontuários.

A medida reforça o direito de o paciente receber cópia do prontuário e alerta para possíveis sanções a quem se negar a fornecer o documento. Poderá constituir quebra de confiança passível de condenação por dano a recusa imotivada em fornecer cópia do prontuário ao próprio paciente ou seu representante legal ou contratual, após comprovadamente solicitado, por parte do profissional de saúde, clínica ou instituições hospitalares públicos ou privados.

Segundo o artigo 88 do Código de Ética Médica, por exemplo, é vedado ao médico “negar, ao paciente, acesso a seu prontuário, deixar de lhe fornecer cópia quando solicitada, bem como deixar de lhe dar explicações necessárias à sua compreensão, salvo quando ocasionarem riscos ao próprio paciente ou a terceiros”.

O mesmo código, porém, no seu artigo 73, veda ao médico a revelação pública ou a terceiros de informações de que ele tenha conhecimento em virtude de sua profissão, como é o caso do conteúdo do prontuário médico. Esse sigilo só poderá ser quebrado mediante autorização, por escrito, do paciente, para cumprimento de ordem judicial ou para a defesa do próprio médico.

O direito do acesso à cópia do prontuário médico está garantido, ainda, pelo Código de Defesa do Consumidor. Conforme o artigo 72, o prestador de serviço que “impedir ou dificultar o acesso do consumidor às informações que sobre ele constem em cadastros, banco de dados, fichas e registros” está sujeito a uma pena de seis meses a um ano de detenção ou multa.

CONDEMA em frangalhos

Reunião CONDEMA Ilhéus.

Ao que tudo indica as ONGs que compõem o Condema não estão mais preocupadas com as mazelas ambientais da cidade. Um grupo de moradores do loteamento Mar à Vista fez uma denúncia sobre um empreendimento de grande porte na rodovia Ilhéus/Olivença, que está vendendo suas unidades sem nenhuma autorização das autoridades, e não se ouve nenhuma palavra dos “atentos” representantes das ONGs.

O dito empreendimento, um edifício de 21 andares, não tem Certidão de Conformidade, Alvará de Construção e nem Licença Ambiental, mas já iniciou as obras. Um acinte.

As más línguas dizem que essas ONGs protegem a empresa F Nogueira, pois a sua área jurídica é comandada pelo filho de uma atuante conselheira, que em casos muito mais brandos cai de pau criando profundas dificuldades para quem está querendo o desenvolvimento.

Dois pesos e duas medidas.

Muito estranho mesmo.

Tem coelho atrás dessa moita?

Vereadores de Ilhéus irão montar comissão para discutir serviços prestados pela Coelba

Presidente do Legislativo, Jerbson Moraes.

Na última quarta-feira, 18, vereadores de Ilhéus realizaram audiência Pública a fim de debater as irregularidades na prestação do serviço da COELBA em Ilhéus e as constantes interrupções e baixa qualidade destes serviços, como também o alto custo da tarifa. A audiência contou com a participação dos representantes da Concessionária, do Vice-prefeito do município, Bebeto Galvão, e do Deputado Estadual Tum, responsável pela proposição para instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).

O presidente da Casa Legislativa, Jerbson Moraes, esteve presente na audiência e questionou a Coelba sobre os investimentos realizados no município. “Nos últimos anos Ilhéus cresceu em número de habitação e, com esse aumento, a Coelba obteve lucros, mas os serviços não melhoram. Apesar desse lucro, nós não vemos o investimento na nossa cidade”, declarou o vereador. “Será mesmo que o único investimento feito pela Concessionária foi um escritório onde a população precisa ficar na porta tomando chuva para ser atendida?”, questionou Jerbson.

Por sua vez, o deputado Tum também questionou sobre as realizações da Coelba em Ilhéus e explicou que a discussão não é para penalizar a Coelba, mas para que ela preste o serviço que tem que prestar. “A gente precisa que vocês peguem as demandas que os vereadores e a população possuem e executem, resolvam! Eu não estou aqui para saber o que a Coelba investiu, eu estou aqui para cobrar o que a Coelba não investiu e deveria ter investido”, explicou o deputado. Tum ainda explicou que a CPI irá investigar o contrato que a Coelba possui com o estado da Bahia e exigir que os investimentos sejam aplicados com um trabalho de prevenção e revisão das redes, instalação na Zona urbana e expansão da Zona Rural.

Para o vereador Gurita, o péssimo serviço prestado pela Coelba afeta diretamente o setor turístico da cidade. “São várias reclamações de empresários desse setor, que passam por muitas situações ruins em seus estabelecimentos por causa dessa Instituição. Qual o turista que vai querer vir para a nossa cidade e sofrer com as quedas de energia durante a sua hospedagem?”, questionou o edil. Já Augustão, destacou a falta da presença da Coelba nas Zonas Rurais do município. “A Coelba tem deixado a desejar aqui na nossa cidade, não somente na sede, mas muito mais na área rural que chega a passar mais de 10 dias sem energia”, chamou atenção o parlamentar.

O vereador Ivo Evangelista falou sobre a grande quantidade de requerimentos que enviam para a Coelba com pedidos e solicitações da população e não são atendidos. “Há muito tempo a gente vem sofrendo com o serviço que a Coelba vem prestando no nosso município e a gente não quer que a Coelba venha e participe somente da audiência, a gente quer solução dos problemas”.

O vereador Kaíque Souza, por sua vez, pediu que a Coelba dê atenção aos pedidos que a população de Ilhéus vem fazendo. “A Coelba sempre exige que a população esteja com a conta quitada todo mês, então a contrapartida precisa vir da concessionária também”, ressaltou.

A supervisora da Coelba, Adriana Teodoro, explicou que a Coelba vem desde abril de 2021 investindo na melhoria da prestação de serviço no município, principalmente com a mudança estrutural que realizaram. De acordo com a supervisora, entendendo a importância que o município possui, foi instalada no bairro Conquista uma unidade própria de atendimento em Ilhéus, que antes era atendido através da sede que fica localizada em Itabuna. Além da estrutura, Adriana citou que Ilhéus possui também uma gerência centralizada para trazer uma qualidade de atendimento aos clientes de Ilhéus e aproximadamente 400 colaboradores da própria região trabalhando para a concessionária.

A COELBA apresenta o pior índice de satisfação dos consumidores o estado. Junto com ANEEL, a COELBA está em primeiro lugar nos indicadores de qualidade e em reclamações junto ao PROCON. Segundo justificaram os autores do requerimento, a CPI da Coelba já está em tramite na Alba para dar com urgência uma resposta as omissões da Concessionária, que têm resultado em graves prejuízos à sociedade e economia local, em razão das falhas de planejamento e incapacidade de fornecer os serviços da forma adequada.

A COMISSÃO – Segundo o vereador Luciano Luna, a partir desta primeira audiência, será montada uma comissão que dará continuidade à discussão sobre os serviços prestados pela Coelba. Ao final das audiências, os vereadores irão elaborar um relatório com todos os pontos que foram discutidos nos encontros com representantes de Instituições públicas e privadas, além da sociedade civil.

Texto e fotos de responsabilidade da assessoria de comunicação da Câmara de Ilhéus.

Mãe do blogueiro Chico Andrade é destaque na culinária afetiva

Dona Ana é proprietária do Restaurante Cacau

Em meio à cultura da culinária litorânea de Ilhéus, um restaurante vem tendo destaque na cidade. Em Ilhéus, capital nordestina do chocolate, o restaurante Cacau, localizado no centro da cidade, na praça de alimentação do Mercado de Artesanato, ao lado do SAC, tem ganhado relevância com o conceito de culinária afetiva. Criado em junho de 2001, o restaurante busca trazer a memória da comida feita pela avó, entretanto com a adição de receitas
diferenciadas.

A Cheff Ana Menezes encontrou no empreendedorismo uma receita para o fomento de seu talento. Ana foi uma das fundadoras, nos anos 90 do século passado, do Armazém do Cais, feira de artesanato localizada na Avenida Dois de Julho que deu origem ao atual Mercado de Artesanato de Ilhéus, reconhecido por lei como patrimônio cultural do estado da Bahia. “O segredo é sempre ser otimista. Minha primeira medida foi acreditar na força da cultura e da inovação, do uso da culinária como fator de transformação. A partir desse momento nasceu o projeto do Restaurante Cacau”, revela Ana.

O investimento inicial para o restaurante, após o pagamento das contas, foi de apenas R$ 80,00. Primeiramente, Ana foi “convocada” por amigas para preparar um almoço para elas, que secretamente já pensavam na criação do restaurante, tendo muito em mente o talento dela como cozinheira, uma vez que há muito, os salgados vendidos por Ana em feiras de negócios e turismo faziam sucesso. Ana Menezes conseguiu construir a identidade visual de seu negócio, além da divulgação de seu restaurante já com o nome criado.

Excelente culinária e bom atendimento, atraí clientes e turistas.

Com isso, os R$80,00 que sobraram foram sendo multiplicados à partir do momento em que ela criou o restaurante.

Ilhéus, uma cidade de menos de 160 mil habitantes, promove acontecimentos que grandes metrópoles impedem que aconteça. Pessoas que haviam frequentado o restaurante começaram a comentar sobre a qualidade da comida em outros estados do Brasil. A situação acabou trazendo mais clientela e repercussão para o restaurante, resultando no interesse de ilheenses e turistas.

Ana Menezes, com sua rica história pessoal e como empresária, cozinha os pratos do Restaurante Cacau e já foi tema de matérias em sites especializados em culinária e turismo.

A repercussão da comida afetiva do Restaurante Cacau poe em pauta a temática de culinária afetiva, responsável por seu destaque em Ilhéus. No Restaurante, é possível almoçar a saborosa e tradicional carne do sol artesanal assinada por Ana Menezes por apenas 15 reais. A iguaria é acompanhada por itens como farofa de banana da terra, feijão e batata frita. Hoje, mais que um restaurante para almoçar uma deliciosa comida caseira a preços acessíveis, o Restaurante Cacau representa uma agradável experiência para ilheenses e turistas.

Marão avalia estender ticket alimentação para servidores contratados

Marão (PSD/55).

O ticket alimentação já está disponível para uso nesta sexta-feira (20). O benefício, que antes era concedido apenas para funcionários efetivos da Prefeitura de Ilhéus, pela primeira vez contemplará os servidores comissionados, que passam a receber a partir deste mês o auxílio no valor de R$ 550.

O crédito do vale concedido pelo prefeito Marão representa mais um passo importante dentro da política de valorização dos servidores municipais, proporcionando esse benefício inédito para o trabalhadores que ocupam cargos em comissão.

“O servidor é o nosso maior patrimônio. Mais um benefício para o trabalhador de Ilhéus, que complementa a renda das famílias e aquece o nosso comércio. Então, tudo isso é fruto de muita luta e do compromisso para dar dignidade aos pais e mães de família que se dedicam todos os dias para atender a nossa população”, ressaltou o gestor.

Os servidores municipais efetivos também tiveram revisão de 10,76% nos salários, além do aumento no ticket alimentação, que passou de R$ 500 para R$ 550, conforme acordo coletivo assinado entre a Prefeitura e a categoria. Somado aos diversos reajustes, desde 2017, Marão quita a folha em dia.

O Município avalia a possibilidade de estender o benefício aos servidores contratados.