Fábio Roberto Notícias // Ilhéus . Bahia

Câmara de Ilhéus terá sessão especial sobre os 30 anos de estadualização da UESC

UESC 30 anos.

Na próxima quinta-feira (2), às 16h, a Câmara de Vereadores de Ilhéus terá uma sessão especial com o tema “UESC 30 anos de estadualização, uma trajetória de sucesso”. A proposta para a realização desta discussão, com o intuito de reconhecer a dimensão da Universidade Estadual de Santa Cruz, foi proposta por Cláudio Magalhães (PCdoB) e aprovada por unanimidade no plenário da Casa.

De acordo com o vereador, este é um momento especial para seu mandato. “Estive junto com outras importantes lideranças nas lutas que garantiram a estadualização dessa instituição de ensino superior de excelência, que conta com atividades de docência, pesquisas e iniciativas que contribuem para o desenvolvimento da nossa região litoral sul da Bahia”, destacou Cláudio Magalhães.

O edil lembrou que a UESC derivou da antiga Federação das Escolas Superiores de Ilhéus e Itabuna (FESPI). “Era uma entidade privada, com acesso difícil, considerando a realidade regional da época. Depois de muitas lutas, esse anseio de instituir uma universidade pública, com ensino superior público gratuito e de qualidade se tornou realidade. A UESC passou a ser uma das instituições de ensino superior mantidas pelo governo da Bahia”, disse.

“Na sessão de quinta-feira, vamos demonstrar nosso apreço e admiração por esse patrimônio educacional da região. Também teremos a oportunidade de discutir e sugerir novos debates que possam evolver a UESC, qualificando as discussões referentes à nossa comunidade regional”, concluiu Cláudio Magalhães.

Moção de congratulações – Na sessão da última quarta-feira (24), o plenário da casa aprovou requerimentos com pedidos de congratulações, encaminhados por Cláudio Magalhães, aos reitores que administraram a UESC, José Altamirando de Cerqueira Marques (in memoriam), Renne Albagli Nogueira, Antônio Joaquim Bastos da Silva, Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro e ao atual reitor Alessandro Fernandes de Santana.

Os documentos apresentados foram subscritos pelo presidente da casa legislativa ilheense, Jerbson Moraes (PSD), também pelos vereadores Augustão e Enilda Mendonça, ambos do PT.

UESC retorna atividades presenciais em janeiro de 2022

Imagem ampliada da UESC.

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) retoma às atividades presenciais acadêmicas, a partir de janeiro de 2022. O Conselho Universitário (Consu) aprovou na sexta-feira, 12, resolução que será publicada no site da Instituição. Referente às atividades técnico-administrativas o retorno será escalonado: 1/3 dos servidores retornam na primeira quinzena de janeiro, sem atendimento ao público; 2/3 na segunda quinzena com atendimento ao público e 100% em fevereiro.

Em relação às atividades de ensino presencial para o semestre 2022.1, deverá atender ao que for determinado pelo Calendário Acadêmico. Os conselheiros aprovaram, na resolução, que caso ocorram mudanças no cenário epidemiológico o Consu se reunirá, extraordinariamente, para análise e deliberação.

A Administração Superior da Universidade tem o prazo de 30 dias, a partir da publicação da Resolução, para atualizar a Instrução Normativa 001/2021 (que estabelece procedimentos para o retorno gradual das atividades de ensino e técnico-administrativas na modalidade presencial no âmbito da Uesc, sobretudo no que se refere às medidas de prevenção ao contágio do novo coronavírus. 

Câmara de Ilhéus aprova requerimento sobre os 30 anos da UESC

UESC, três décadas de existência.

Na tarde de ontem (10), os vereadores de Ilhéus aprovaram, por unanimidade, requerimento para a realização de sessão especial no próximo dia 02 de dezembro, às 16h, sobre a discussão do tema “UESC 30 anos de estadualização, uma trajetória de sucesso”.

A proposta para reconhecer o papel da Universidade Estadual de Santa Cruz foi apresentada por Cláudio Magalhães (PCdoB). “Informo aos nobres colegas que a UESC faz 30 anos e nós participamos desse momento de reconstrução, dessa política para beneficiamento, não só da nossa comunidade de Ilhéus, mas de toda a região que essa instituição atende, o litoral sul baiano”, disse o edil.

“Mais um pouco à frente vamos trazer essa audiência pública, esses atores que participaram desse momento glorioso de transformação da FESPI, que era uma universidade mista, privada, para UESC, essa potência de universidade que temos aqui em nossa região”, complementou Cláudio Magalhães durante discussão do requerimento no plenário da casa legislativa ilheense.

Doenças virais em crianças têm alta após volta às aulas

images (1)

Doenças virais respiratórias em crianças tiveram alta no país nos últimos dois meses. O reaparecimento das populares viroses coincide com o período em que houve aumento de alunos frequentando as aulas presenciais. Também houve aumento de casos positivos para bocavírus, parainfluenza 3 e parainfluenza 4 nessa faixa etária.

Um boletim da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) divulgado na última quinta-feira (28) alertou para o reaparecimento de outros vírus, que têm causado SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) em crianças de 0 a 9 anos. O registro desses outros vírus, que havia caído no ano passado, agora já ultrapassa a Covid em número de casos.

Especialistas avaliam que a volta da circulação dessas doenças, que comumente afetam crianças, era esperada com o retorno às atividades presenciais. Eles ressaltam que a população dessa faixa etária ficou protegida no ano passado, com o fechamento das escolas, e pode agora ter “memória imunológica” menor.

Cursos de Medicina da UESC sofrem com sucateamento e falta de professores

Falta de condições de aulas.
Falta de condições de aulas.

Os cursos de graduação em Medicina e Medicina Veterinária da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) passam por um grave momento estrutural. Aulas e projetos estão sendo paralisados por conta do sucateamento e da falta de professores.

Em reunião com a Secretaria de Administração do Governo do Estado da Bahia (SAEB), a Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da UESC e representantes da saúde apresentaram os problemas que têm impedido o andamento de disciplinas e atividades diversas. Atualmente, há nove “vagas” de docentes em aberto.

“Basicamente, os problemas são: a falta de professores, que atinge o fluxo de ensino e precariza o campo de estágio; e a morosidade na liberação do processo de aquisição de EPIs”, disse a professora Márcia Morel, Diretora do Departamento de Ciências da Saúde (DCS).

Como solução a curto e médio prazos, foi solicitado à SAEB realização de Concurso e Seleção Pública para contratação de professores substitutos, além de melhoria da estrutura de funcionamento do curso (laboratórios, equipamentos e regularização do fluxo de aquisição de vagas de estágio).

A realidade enfrentada nos cursos de medicina infelizmente tem ocorrido em muitos outros cursos da UESC. Concursos e seleções para professores estão cada vez menos recorrentes, gerando vácuos e improvisos na oferta de disciplinas, além de atrasos na graduação de discentes.

O Governo Rui Costa (PT) tem se mostrado um grande inimigo da educação pública na Bahia. As universidades estaduais enfrentam ano após ano cortes orçamentários e o aumento da precariedade dos espaços e das condições de trabalho.

Em conjunto com as associações docentes das UEBAs, a ADUSC tem cobrado ações e reuniões com o governo estadual, para por um fim no sucateamento do ensino público superior no estado.

Texto de responsabilidade da ADUSC. 

Colégio Vitória suspende aulas, após professora testar positivo para covid-19

e2f730fc23d54453cacc252b5f38822d

Uma professora do Colégio Vitória de Ilhéus testou positivo para Covid-19 e as aulas presenciais foram suspensas pelos próximos 10 dias. 

Para evitar a contaminação dos alunos e demais profissionais, a direção decidiu às pressas interromper as aulas do 8º e 9º anos, além da 1ª e 2ª séries.

Seguindo orientação das autoridades em saude, a Unidade de Ensino deverá passar por desinfecção em todos os setores e, posteriormente, recomendar a testagem em massa dos alunos (as). 

O Colégio Vitória está situado em dois endereços: na Avenida Tancredo Neves, rodovia Ilhéus/ Olivença e na Av. Crispim Jorge Dias Carilo, bairro da Conquista. 

Nota Pública IFBA Campus Ilhéus

Nota IFBA.
Nota IFBA.

Nos dias 09 e 15 de setembro de 2021 a comunidade acadêmica (docentes e técnicos-administrativos em educação) do IFBA Campus Ilhéus estiveram reunidos para discussão da proposta do MEC sobre o Reordenamento dos IFs do estado da Bahia, onde a partir da junção do IFBA e IFbaiano haveria a redistribuição dos Campi existentes, considerando suas disposições geográficas no estado, e ao final seria criado um terceiro IF, chamado na proposta de IFSBA (Instituto Federal do Sul da Bahia), com reitoria na cidade de Ilhéus.

Após a exposição de pensamentos diversos acerca do tema pela nossa comunidade, apresentados os argumentos favoráveis e contrários à proposta, o encaminhamento realizado foi o de elaboração de um posicionamento oficial do Campus Ilhéus e ,ao final da Reunião, através de votação com os servidores presentes obteve-se o seguinte resultado:

51,8% favorável ao reordenamento e adesão à nota do CONIF; 12,5% abstenção; 35,7%  não favorável ao reordenamento e adesão à nota do CONIF (Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educ. Prof., Cient. e Tecnológica).

Inscrições para o Enem 2021 são reabertas para isentos

Enem 2021.
Enem 2021.

Os isentos que não compareceram ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 têm até às 23h59 do próximo domingo, 26 de setembro, para se inscreverem na edição 2021. A reabertura do prazo foi decidida após julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) no início do mês, que inclusive assegurou a isenção da taxa de inscrição.

A oportunidade vale especificamente para esse público, que fará as provas nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022. Para os inscritos já confirmados, a aplicação segue normalmente nos dias 21 e 28 de novembro.

No julgamento do STF, também ficou decidido que não será necessário justificar a ausência no exame do ano passado, como exigia o edital do Ministério da Educação (MEC). O Supremo avaliou que, em razão da pandemia de Covid-19, as provas de 2020 foram aplicadas em um contexto de anormalidade, e a exigência de comprovação documental para os ausentes viola diversos preceitos fundamentais, entre eles o do acesso à educação e o de erradicação da pobreza.

Para se inscrever, acesse a Página do Participante

Reitores das universidades estaduais da Bahia lamentam morte do profº Adeum Sauer

Adeum Saber, ex-secretário de educação.
Adeum Saber, ex-secretário de educação.

Os reitores das Universidades Estaduais da Bahia – Uefs, Uesb, Uneb e Uesc – expressam seu pesar pelo falecimento do Prof. Dr. Adeum Hilário Sauer, ocorrido na noite de ontem, 18 de setembro.

Nascido no Rio Grande do Sul mas radicado na Bahia há cerca de quatro décadas, com formação em Filosofia e em Direito, Adeum Sauer foi pesquisador vinculado à Ceplac/Ilhéus (Comissão Executiva do Plano Lavoura Cacaueira) e à extinta Fespi (Federação das Escolas Superiores de Ilhéus e Itabuna). Após a criação da Universidade Estadual de Santa Cruz, foi seu primeiro Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação e desenvolveu pesquisas em nível de pós-graduação na área de Sociologia e Política, na Alemanha, durante a década de 1990.

Como gestor educacional, Adeum Sauer foi Secretário Municipal de Educação de Itabuna, Presidente Nacional da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), Secretário de Educação do Estado da Bahia (2007-2009) e membro do Conselho Nacional de Educação.

Adeum Sauer foi professor e gestor em um contexto histórico marcado pela afirmação da educação como direito social e dever do Estado, tal como estabelecido na Constituição Federal de 1988, e atuou em diferentes ambientes – acadêmicos, políticos e institucionais; nacionais, estaduais e nacionais – sempre orientado pelo compromisso de transformar em realidade a prioridade da educação estabelecida em nossa legislação.

Diante desta perda, o Fórum dos Reitores das Universidades Estaduais da Bahia expressa seus lamentos, se solidariza com seus familiares e amigos e rende homenagens a Adeum Hilário Sauer por sua trajetória de pesquisador, professor e gestor educacional da Bahia.

Ilhéus, 19 de setembro de 2021

Alessandro Fernandes de Santana

Presidente do Fórum dos Reitores

Reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz – Uesc

Evandro do Nascimento Silva

Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana – Uefs

José Bites de Carvalho

Reitor da Universidade do Estado da Bahia – Uneb

Luiz Otávio de Magalhães

Reitor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – Uesb

Prefeito de Ubaitaba concede bônus salarial aos professores para as atividades do ensino remoto

Gestor valorizando o profissional em educação.
Gestor valorizando o profissional em educação.

O prefeito de Ubaitaba Asclepíades de Almeida Queiroz, mais conhecido por Beda (MDB), sancionou Projeto de Lei que dispõe a criação de bônus salarial para as atividades do ensino remoto aos professores da rede municipal de ensino. 

De acordo com o Projeto, cada professor terá direito a receber o bônus salarial no valor de RS 1.000,00 (hum mil reais) referente aos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro desse ano, e deverá ser utilizado para aquisição de tecnologias (aparelho de celular, notebook, tablet) com o objetivo de aperfeiçoar  atividades no ensino remoto.

A Lei entrou em vigor desde o último dia 25 agosto, e o recurso estará disponível na conta bancária dos professores (as) a partir desse mês. 

Confira a lei completa

Ilhéus: SEDUC adia início do ensino híbrido

Ensino híbrido adiado.
Ensino híbrido adiado.

Visando cumprir o processo de imunização dos últimos profissionais da educação municipal a serem vacinados, informamos que o início da Etapa 2, previsto para 06 de setembro, será adiado com data ainda não definida.

Todas as Unidades Escolares devem manter as rotinas estabelecidas na Etapa 1 (Não Presencial) e iniciar as providências aguardando a nova etapa.

Profa Eliane Oliveira da Silva
Secretária de Educação

Rotary Club de Ilhéus recebe o reitor da Uesc, Alessandro Fernandes

Alessandro Fernandes, reitor da UESC.
Alessandro Fernandes, reitor da UESC.
“Os novos caminhos da Uesc e a perspectiva do futuro” é o tema da palestra que será apresentada pelo reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), professor Dr. Alessandro Fernandes na reunião-almoço do Rotary Club de Ilhéus. A reunião vai ser realizada ao meio dia desta quinta-feira (26), no Iate Clube de Ilhéus. O convite foi feito pelo presidente do clube de serviço, professor Josevandro Nascimento destacando a missão de Rotary, o servir se realiza no tempo e o tempo todo.
Para o reitor Alessandro Fernandes “hoje, a Uesc, pujante na universalidade do conhecimento, se orgulha da sua comunidade acadêmica, professores, técnicos-administrativos e estudantes, que desempenham um trabalho em benefício da sociedade regional, com inserção nacional e internacional. O futuro nos aponta desafios cada vez mais crescentes, uma vez que o mundo está experimentando alterações sem precedentes, com tecnologias emergentes, intercâmbios científicos, diversidades culturais, novos modelos econômicos e complexidades políticas que determinam uma nova era na educação”

Texto: Jonildo Glória.